sábado, 6 de junho de 2009

Coisas de Patrícios

Quando Leilinha me mandou a foto deste post, com a estória explicando o porque ,lembrei-me imediatamente do acontecido com H.
Em outro post mais antigo contei o que passei quando tentei comprar um bolo inteiro em uma padaria gerenciada por um patrício.
H. era um dos auditores internos da primeira empresa onde trabalhei. Português nascido em Coimbra havia chegado ao Brasil ainda criança mantendo orgulho de sua origem.
Certa vez apostou no concurso da Quina da Caixa Econômica Federal .
Lembrem , por favor , que a Quina premiava acertadores de 5 , 4 e 3 dezenas , cabendo obviamente a quem acertava 5 dezenas a maior parte do prêmio.
Quando foi a lotérica conferir o resultado da aposta viu H. que havia acertado 3 dezenas com o resultado ao lado do número de ganhadores e do prêmio .
Confundiu H. o número de ganhadores com o valor do prêmio e voltou ao trabalho exultante acreditando que havia ganho uma bela quantia em dinheiro.
Festejando ligou para casa e prometeu a mulher a realização de uma viagem , não satisfeito ligou para a casa da mãe e disse-lhe que podia olhar nas lojas e escolher a geladeira e o freezer que tanto desejava trocar .
Estava neste estado de euforia comemorando com C. , também auditora e também portuguesa , quando cheguei na sala deles.
Ao ver os sorrisos e cumprimentos perguntei o que tinha acontecido .
C. me disse :
- Ely , H. ganhou uma grana prêta na Quina , está distribuindo presentes aos montes , fica por aqui que até Moacir ( copeiro da empresa ) já ganhou a promessa de uma TV . Vamos convencê-lo a pagar o jantar hoje a noite .
- Que maravilha , parabéns H., você acertou as 5 dezenas ?
Com um enorme sorriso H. me respondeu :
- Não , acertei 3 !
- Espera aí H. , o prêmio de 3 dezenas não dá para isto tudo .
Mostrou-me então o papel onde havia anotado o resultado e o "valor " do prêmio.
- H. este não é o número de ganhadores ? O valor do prêmio do terno é quase sempre a metade de um salário mínimo .
Com um sorriso agora desconfiado , de como eu estivesse a lhe pregar uma peça, respondeu-me que tinha certeza.
- H. , para tirar a dúvida , pergunte a outras pessoas daqui , vamos lá de novo ver o resultado .
Pegou o paletó e saiu .
Na volta passou um tempo enorme aturando as gozações do pessoal da empresa.
Olhe agora a foto acima.
Os trabalhadores em Lisboa ,após colocarem pilares de ferro para impedir o estacionamento em frente a entrada de um restaurante ,estão recolhendo o entulho do serviço.
Quanto tempo levaram para perceber onde o furgão deles estava estacionado ?