segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Um Rei Escocês em Pernambuco

Este caso foi narrado por Patrizia Meira, pessoa que compartilha a paixão por Scottish Terriers .

Diz descrição de comportamento que todo Scottish Terrier é ,por direito de sangue , parte das forças de segurança da Escócia .
Assim patrulha incansavelmente seu território , quem cruza seu caminho se sujeita a suas determinações . Não importa o tamanho, quem manda na área é ele, o grande cão em corpo pequeno .
Pois Freud , um pretinho pernambucano de Patrizia Meira  , é assim . Em sua casa no Recife ou em Maragogi o terreno é dele .  A  ele cabe o direito de promover pesquisas no solo , Scotties não cavam simplesmente , fazem pesquisas , ajudar sua mãe em tarefas de jardinagem , tem sempre uma placa de grama para ser recolocada,  perseguir lagartixas , são na verdade filhotes de dragão, conversar com quem passa na rua , ensinar as Rotweillers quem manda , afastar quem não é bem vindo.
É conhecido por sua beleza e por seu temperamento por seus vizinhos . O desavisado que passa junto a seu portão e não presta atenção logo ouve o latido grosso e toma o susto.
Pois um dia um gato desavisado entrou em seu terreno.
Sentindo-se ofendido com a invasão partiu Freud atrás do gato que nada podendo fazer se refugiou em uma mangueira. Tentando alcançar o gato Freud latiu ferozmente o que fez o gato subir mais . Mais Freud latia mais o gato subia na árvore . Tanto subiu o gato que não conseguia mais descer. No alto da mangueira, em seus galhos mais finos, difíceis de alcançar por qualquer um , começou a miar por socorro. Embaixo , junto ao pé, um pretinho o observava.
Como retirar o gato da árvore ? Os vizinhos compadecidos chamaram o Corpo de Bombeiros.
Uma guarnição com três homens fardados chegou na casa. Os homens que não tem medo do fogo, que se arriscam pelos outros , fizeram o pedido :
- Dona, por favor , prenda este cão feroz ! Não vamos chegar na mangueira com ele perto.
Sua majestade o rei foi recolhido e assim o gato salvo.

Freud é o senhor de seus domínios  e por quem o conhece amado e reverenciado .
Vida longa ao Rei .