domingo, 4 de novembro de 2012

Entre cães e gatos


Sou apaixonado por cães e admiro gatos . Tenho várias pessoas amigas com paixão por gatos, por sua independência, por sua quietude, afinal o gato não vive em uma matilha, ele simplesmente admite o convívio de pessoas a sua volta.
Este último fim de semana porém coloquei mais um argumento em minha balança a favor dos cães .
Não são ainda 6 da manhã e acordo no domingo com um som de um alarme.
Olho para o lado pensando que é o relógio da mesinha mas não, o som vem de fora.
Meu apartamento fica no 12o andar mas o som de alarme que descubro depois ser de uma casa vizinha chega como se estivesse em meu quarto.
Totalmente zen, em plena paz de espírito,  levanto a me  indagar se o mistério deste alarme tem algo a ver com a profissão da mãe de alguém.  
Não me lembro de ser vizinho de deputado, senador, vereador ou demais membros da classe política do país.
Relaxados e concentrados como eu outros vizinhos estão na varanda a observar. Uma mulher presente em uma varanda usa um robe com flores e o que parece ser uma touca na cabeça. Meu deus do céu, é assim que seu marido a vê penso eu.
Um carro de uma empresa de segurança chega, outras pessoas estão na calçada.
Não  demorou o carro a chegar, fiquei impressionado.
O sujeito sai do carro armado e pula o muro da casa. O alarme enfim é desligado.
Observo que o sujeito volta e pula o muro com um gato nas mãos. Deve ter sido o alarme de movimento que o gato disparou. Coloca o gato no carro e vai embora.
Nestas horas entendo porque gosto mais de cachorros .

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Serviço de Entrega


Há 10 anos atrás meus primeiros projetos de e-commerce eram implantados, lembrei disso lendo artigos sobre erros e acertos em iniciativas Web. Estórias curiosas guardo desta época como a entrevista que fiz com a então maior usuária de nosso serviço de entrega de sanduíches.
Ela morava na Tijuca, no Rio , assim me pediram que a entrevistasse em nome da empresa. Queríamos saber o que ela enxergava de positivo e negativo em nossa operação. Levei-lhe brindes e fui simpaticamente recebido em sua residência. Sua estória era simples, era professora com aulas em 3 colégios todos os dias, vivia correndo de um emprego para o outro, não almoçava, assim quando chegava exausta em casa queria distância do fogão e da cozinha. A facilidade de pedir a entrega de sanduíches variados e saladas em casa a satisfazia, sabendo que eram produtos tratados com higiene.
Pensando bem vejo que em 10 anos a vida de professores não mudou muito. Mas o mais curioso eram as estórias de atendimento. Guardo uma em especial me contada por um colega da operação americana quando falávamos de atendimento .
Agentes do FBI conduziam uma operação de busca e apreensão de documentos e evidências em um hospital psiquiátrico em São Francisco suspeito de fraudes em seguros médicos e cobranças fraudulentas ao sistema de saúde federal.
Depois de horas de revisão de milhares de documentos os agentes sentiram fome.
Todas as conversas estavam sendo gravadas e o que se registrou é o descrito abaixo quando um dos agentes resolve telefonar para um serviço expresso de entrega de pizzas.
- Alô, eu gostaria de pedir 20 pizzas grandes e 50 latas de Coca-Cola.
- E onde será a entrega ?
- Aqui no hospital psiquiátrico XXX  na rua XXXXXXX.
- No hospital psiquiátrico XXX ?
- Sim , isso mesmo, sou um agente do FBI.
- Você é um agente do FBI ?
- Está correto, todos aqui a minha volta são agentes.
- E você está em um hospital psiquiátrico?
- Correto,  e por favor avise a quem vier fazer a entrega que não o faça pela porta da frente. As portas estão lacradas. Vai ter que dar a volta por trás até a entrada de serviço para fazer a entrega.
- E você diz que você e os demais são agentes do FBI ?
- Isso mesmo, quão rápido você pode fazer a entrega ?
- E todo mundo no hospital é agente do FBI ?
- Isso , a gente está aqui o dia inteiro e estamos morrendo de fome.
- Ok , como será feito o pagamento por tudo ?
- Em cheque.
-  Para todos os agentes do FBI aí no hospital?
-  Isso mesmo , todo mundo aqui é agente do FBI. Por favor não se esqueça de que a entrega tem que ser feita pelas portas de serviço atrás do prédio. As portas da frente estão lacradas.
- Eu acho que não.
O atendente desligou.